TODO MUNDO TEM A MESMA HISTÓRIA: PÁRA, COMEÇA, PÁRA DE NOVO E DE REPENTE, PERDE UMA OPORTUNIDADE POR CAUSA DO INGLÊS.

 

Não é fácil! Fazer faculdade, MBA, cumprir os prazos e precisar estudar uma outra língua – no caso o inglês.

As demandas do dia a dia na empresa; a pressão para cumprir os prazos; a ameaça da concorrência são os mais frequentes explicações que ouvimos quando um aluno da área de negócios nos procura para reiniciar as aulas de inglês.

Um forte sentimento de frustração acompanha a narrativa das várias tentativas sem sucesso. São as frequentes faltas; o método chato; turmas com muitos alunos; colegas de classe com perfis super diferentes do deles.

No entanto, a que mais ouvimos e que consideramos a mais séria, é a crença de que eles não dão para coisa; não conseguem aprender. Se esse pensamento tem surgido com frequência na sua cabeça. Expulse- o com todas as suas forças. Pegue um inseticida e borrife nessa idéia absurda. Todos aprendem. Se você é um especialista na sua área, seja ela qual for. Tem o ensino superior, cursos de especialização, MBA, pós graduação essa é a prova cabal de que o seu cérebro é desenvolvido e bem musculoso. Portanto, não há nada de físico. A ferramenta que você tem para aprender é uma máquina super potente.

Porém, quando você projeta uma derrota antes de iniciar a luta, nada no seu corpo funcionará para te ajudar a atingir a sua meta.

Deixa eu te contar algumas coisas:

  • A APRENDIZAGEM É UM PROCESSO?

Sim, a aprendizagem seja do que for, exige um esforço e dedicação. Através do exercício constante e motivados, conseguimos aprender coisas novas. Seja, como fazer um origami, seja como solucionar questões matemáticas; seja para perder peso ou ganhar massa muscular; seja para aprender inglês. E convenhamos, para alguém que já chegou profissionalmente onde você chegou, esforça não é nenhuma novidade e muito menos um bicho de sete cabeças. É sentar, focar e exercitar, para a cada dia ir se tornando melhor e melhor.

  •  COMO EVOLUIR NOS NÍVEIS DE INGLÊS?

Tempo  e aprendizagem estão diretamente ligados. E particular quando falamos de lingua estrangeira. Todos sabem que do Básico até o Fluente, temos alguns niveis: Pré Intermediário, Intermediário, Intermediário Avançado e Avançado. Para cada um desses níveis, o tempo médio que o aluno tem de ter de contato e exposição á lingua é em torno de 100 horas a 120 horas. Essa é uma estimativa padrão, seguida no mundo todo.  Para cada um dos níveis, existe uma lista do que o alino irá aprender seguindo uma lógica de aprendizagem que parece ser verdadeira independente da lpingua que está sendo aprendida : O programa sempre começa do mundo do aluno para o mundo que o rodeia; aprender a falar do mundo concreto para o mundo abstrato – por exemplo: expressar sua opinião –  Veja um post onde falamos  sobre o score do TOEIC,  baseado no CEFR – para saber o que se aprende ou que se espera dos alunos em cada um desses níveis.

  • QUANTO MAIS HORAS , MELHOR?

Com certeza! E com o inglês funciona dessa forma. Quanto mais tempo de contato você tem com o idioma diariamente e por várias vezes na semana, mais rapidamente você irá aprender e incorporar o vocabulário e as expressões aprendidas. Comparando com a natação, é como se o seu cérebro precisasse fazer uma imersão no conteúdo e nas situações para aprender. Quanto mais tempo você consegue ficar dentro da água sem respirar, maior será a sua capacidade de ficaar dentro da água sem respirar. Entendeu? Você vai empurrando os seus limites,  fazendo com que eles se expandam mais e mais. Porisso, os cursos de imersão ( onde você estuda 04 a 06 horas por dia) ou os cursos de intercâmbio apresentam resultados bem positivos. O seu cérebro fica imerso por um bom tempo no idioma que você está apredendo. Ah!! Uma coisa importante, para a imersão ser completa, as aulas precisam ser em inglês. Se não, você só fica com as pernas dentro da piscina, e fica levantando a cabéca da ágau toda hora. Dessa forma, você não irá aumentar a sua capacidade de respirar dentro da ágau, ou no inglês, o seu cérebro não conseguirá permanecer por muito tempo no idioma estrangeiro. Vai a todo momento recorrer ao Português.

  • ONDE MAIS APRENDER, ALÉM DOS CURSOS E DOS LIVROS?

Com a internet, as barreiras de acesso ao conhecimento foram derrubadas.  Tem muita coisa, muito material bom para você treinar e colocar o seu cérebro mais tempo dentro da “piscina”. Tem os podcasts; as séries  e filmes da Netflix e outros  apps;as músicas com as letras;  e o Youtube – uma fonte praticamente infinita de materiais, para todos os níveis. Para não correr o risco de se basear em materiais duvidosos, procure por canais onde haja um grande número de audiência, veja os comentários. Canais como so da BBC Learning , por exemplo são muito bons.

  • PALAVRA FINAL

Como eu escrevi num outro artigo: Afinal, existe um LIMITE de idade para aprender inglês? , é preciso cultivar a PERSISTÊNCIA, a LEVEZA  a RESILIÊNCIA e principalmente, o SENSO DE HUMOR. E não se esqueça:

” O inglês é a ferramenta de comunicação que você vai usar, para conseguir expressar cada vez melhor toda a expertise profissional que você adquiriu ao longo de tantos anos de trabalho e dedicação” 

 

Se você quiser descobrir como aprender mais rapidamente  inglês, é só clicar no link abaixo.

QUERO MAIORES INFORMAÇÕES

Abraços

Prof. Paulo Cesar Vicente – FAST ENGLISH

 

Compartilhe:

Você também poderá gostar:

Deixe seu comentário!